Saiba que é possível previnir o câncer de intestino

O câncer do cólon e reto, aqui denominado de câncer do intestino, encontra-se entre os 10 primeiros tipos de câncer mais incidentes, sendo a 5º causa de morte por câncer no Brasil. Acomete indivíduos dos sexos masculino e feminino, principalmente após os 50 anos de idade.

A reflexão sobre o seu estilo de vida é sempre uma forma de prevenir qualquer tipo de câncer, pois ao buscar equilíbrio, você certamente atingirá uma vida saudável. Confira algumas dicas para a prevenção do câncer colorretal.

Fatores de Risco

  • Fumo e álcool
  • Idade: quanto maior a idade, maior o risco.
  • Pólipos: São tumores benignos, parecidos com verrugas que se desenvolvem na parede interna do cólon e reto. É importante o diagnóstico e tratamento precoce, principalmente após os 50 anos.
  • História familiar de câncer intestinal: Parentes próximos (pai, mãe, irmão, tios ou avós) que tiveram câncer de intestino, o risco de contrair a doença aumenta, especialmente se a doença acometeu um parente com menos de 40 anos de idade.
  • Antecedentes pessoais de outros tipos de câncer: Mulheres que tiveram câncer de ovário, endométrio (útero) ou da mama têm maior risco de desenvolver câncer colorretal.
  • Doença inflamatória intestinal: A retocolite ulcerativa e a Doença de Crohn, são doenças benignas, porém geram um maior risco de câncer colorretal, principalmente, após 8 anos de evolução.

Adoção de hábitos alimentares saudáveis

  • A dieta desempenha um papel importante no funcionamento intestinal;
  • Alimentos ricos em fibras protegem o intestino porque facilitam a evacuação e eliminam muitas toxinas que poderiam ser gatilho para um câncer de intestino ou estômago;
  • Fibras como psyllium, aveia, linhaça, amaranto, quinoa, chia, possuem efeito laxativo;
  • Consuma pelo menos 3 frutas diferentes ao dia;
  • Inclua vegetais, pelo menos 2 x ao dia;
  • Consuma alimentos ricos em prebióticos (substâncias que participam do crescimento de bactérias boas no intestino): Banana verde, chicória, aspargos, cebola, alho, aveia, feijão, lentilha, grão de bico;
  • Ingestão adequada de água, pelo menos 8 copos ao dia;
  • Dar preferência aos alimentos orgânicos: ajuda diminuir a exposição do intestino a toxinas como os agrotóxicos;
  • Substitua alimentos ricos em farinhas brancas como pão francês, macarrão pela versão integral, pois são ricos em fibras;
  • Que tal substituir bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas por frutas in natura, pois elas são ricas em vitaminas e minerais, além de possuírem fibras, o que contribui para a saúde do organismo como um todo;
  • Alimentos ricos em açúcar prejudicam o funcionamento intestinal, além de favorecer o crescimento de bactérias ruins;
  • Evite alimentos embutidos, defumados: presunto, salsicha, linguiça, mortadela…
  • Atividade física regular auxilia o funcionamento intestinal adequado

 

Receita

BIOMASSA DE BANANA VERDE

Lavar as bananas verdes com caule com esponja e sabão neutro. Enxaguar bem.  Colocar as bananas na panela de pressão com uma sobra de 2 dedos de água por cima das bananas. Deixar cozinhar até 12 minutos após levantar fervura. Desligar a panela, deixar fechado por 8 minutos. Retirar as bananas e descasca-las. Leva-las com água morna para o liquidificador. Bater até virar uma pasta. A biomassa pode ser utilizada em sucos, vitaminas ou preparações salgadas e ainda em receitas.

Pode ser congelado em forminhas de gelo. Consumir em 3 meses.

Dose diária: 1 colher de sopa ou 2 cubos de gelo.

 

Fique de olho em suas Fezes

Picture1

Temos que criar o hábito de nos olharmos e conhecer como somos, isso ajuda a perceber quando algo está errado.