Quimioterapia

A quimioterapia é um dos alicerces no tratamento do câncer que consiste na utilização de medicamentos que atuam principalmente nas células malignas com o objetivo de destruir ou inibir seu desenvolvimento.

Após o diagnóstico do Câncer, o médico decide quais serão a melhores formas de tratamento: hormonioterapia, anticorpos, imunoterapia, cirurgia, radioterapia e ou quimioterapia.

A quimioterapia tem diversas funções:

  1. Exclusiva: quando é o principal tratamento.
  2. Adjuvante: quando é feita após a cirurgia ou radioterapia para destruir as células tumorais restantes.
  3. Neoadjuvante: quando é feita antes da cirurgia ou radioterapia para diminuir o tumor ou inibir a agressividade do processo.
  4. Paliativa: quando busca oferecer melhor qualidade de vida ao paciente, controlando a dor e outros sintomas.

O tratamento quimioterápico ocorre em ciclos temporais podendo ser:

  • Semanal;
  • A cada 15 dias;
  • A cada 21 dias;
  • A cada 28 dias;
  • A quantidade de medicamento utilizada varia de acordo com o tipo e estágio do Câncer.

Como é aplicada?

  1. Intravenosa : diretamente na veia;
  2. Orais: por comprimidos ou cápsulas;
  3. Intratumoral: dentro do próprio tumor;
  4. Intracavitário: aplicada em cavidades corporais como abdômen e tórax;
  5. Intratecal: aplicada dentro da medula;
  6. Outros modos: subcutânea e intramuscular.

Como se comporta?

A quimioterapia age em todas as células, tentando impedir a proliferação ou destruindo as células malignas.

Imunoterapia ou terapia alvo

Atuam principalmente sobre as células tumorais e geralmente oferece melhores resultados mesmo que restrita a alguns tumores.

Efeitos colaterais

Náuseas, vômitos, fraqueza, fadiga, queda de cabelo podem surgir durante o tratamento, porém nem todos os pacientes reagem da mesma forma, variáveis como : tipo de tumor,estadiamento, metabolismo individual pode interferir  nos sintomas.

Medidas preventivas para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia como:

  1. Medicamentos para inibir as náuseas , vômitos e dor;
  2. Diminuição da dose;
  3. Atividade física regular;
  4. Alimentação adequada;
  5. Apoio psicológico.

Cuidados a serem tomados:

  1. Realizar acompanhamento médico periódico após o termino do tratamento;
  2. Manter hábitos de vida saudáveis e uma alimentação balanceada;
  3. Evitar o Cigarro e  consumo de bebidas alcoólicas;
  4. Práticas de atividades físicas leves e sempre com orientação médica.

Entre em contato e tenha mais informações sobre o tratamento.

Contato e localização